primeira televisão do brasil

Quando a televisão chegou ao Brasil

1950 foi o ano em que a televisão chegou ao Brasil, trazida pelo jornalista e empresário Assis Chateaubriand (1892 – 1968), fundador da TV Tupi, primeiro canal de televisão no país. Para utilizar uma data mais precisa, no dia 18 de setembro de 1950, foram instalados alguns aparelhos de televisão pela cidade de São Paulo para que a população pudesse ver aquela nova e empolgante novidade.

primeira televisão do brasil

O primeiro programa a ser exibido ainda no dia 18 foi o TV na Taba, cujo título fazia referência aos habitantes nativos do país e que contou com nomes como Hebe Camargo, Inezita Barroso, Wilma Bentivegna, Lolita Rodrigues, entre outros.

Os anos 50 foram marcados pela reconstrução. O mundo tinha acabado de sair de uma II Guerra Mundial, a Europa estava em processo de se refazer de todo o horror que acompanha um acontecimento como este, os Estados Unidos (USA) e a antiga União Soviética (URSS) iniciavam a Guerra Fria (1947 – 1991) com sua luta tecnológica e propagandista, e o Brasil se preparava para atravessar uma década intensa e conturbada politicamente.

A televisão entrou no Brasil sem que se soubesse ao certo o que seria exibido. Após a primeira edição do programa TV na Taba, seus realizadores se deram conta de que não havia nada que pudesse ser chamado de programação, ou até mesmo o que ser levado ao ar no dia seguinte. Desta forma, a televisão importa do rádio a sua estrutura formal com seus programas musicais – usualmente com um cantor ou apresentador do rádio fazendo suas performances na televisão -, e também com as notícias que eram exibidas logo após serem recebidas. Tudo muito rápido, dificultoso e caro.

Em 1952, é inaugurado na televisão o Repórter Esso, um programa que já existia no rádio e que se propunha a exibir notícias. Este programa é particularmente importante porque é o primeiro que não se limitava a ler as notícias impressas nos jornais, e sim divulgar aquelas que chegavam de uma agência norte-americana.

Saiba também sobre a chegada do cinema no Brasil.

O Repórter Esso era também um programa patrocinado por uma empresa norte-americana, a Standard Oil Company of Brazil, ou a Esso do Brasil, e esteve no ar entre 1941 (no rádio) / 1952 (na TV) e 1970. Sendo assim, o programa trazia aos brasileiros uma série de mensagens que eram essencialmente ideológicas, que eram equilibradas com os interesses dos Estados Unidos no Brasil, tanto interesses econômicos, quanto sociais, culturais e políticos.

programa repórter esso

A televisão no Brasil chegou e se moldou de acordo com as especificidades da sociedade brasileira. Herdeira direta do rádio, que havia começado como difusor de cultura erudita e depois se adequado à imensa demanda popular, a televisão já nasceu imersa nesta mesma cultura popular, com seus shows de cantores da época, as notícias do dia-a-dia, e principalmente as telenovelas. Com seus quase 70 anos, a televisão foi um fenômeno que alcançou as casas de grande parte da população brasileira, e foi (e ainda é) uma das principais responsáveis pela disseminação de cultura, modos de vida, e ideologias políticas no país e no mundo.