presidentes da ditadura militar

O Golpe de 1964 e o Regime Militar

Olá! Vamos falar um pouco sobre o golpe de 1964 e o Regime Militar? O Golpe político foi organizado no dia 31 de Março de 1964 objetivando afastar o então presidente do Brasil, João Goulart. Isso fez com que membros das Forças Armadas começassem a governar o país implantando o autoritário Regime Militar.

O Golpe de 1964

golpe militar de 1964

Os grupos políticos de direita ficaram em alerta quando João Goulart assumiu a presidência do Brasil, pois ele tinha uma mentalidade voltada para o comunismo. Dessa forma, a direita política viu a presidência de Goulart como uma grande ameaça, inclusive, trabalhou forte para que ele não tomasse conta do Brasil. Uma das tentativas foi criar o Parlamentarismo em 1961 como uma nova forma de Governo, porém um referendo reprovou em pouco tempo. Em 1963 o presidencialismo foi restabelecido.

João Goulart agora estava pronto para exercer todos os poderes que lhe era concedido como presidente.

Banner Top 50 970x250

A expectativa de Jango em transformar o país numa república socialista foi tomando força, inclusive, temiam que o Presidente implantasse um socialismo baseado em Cuba de Fidel Castro.

Diante dessa ameaça comunista vindo à tona, a direita política com o apoio das Forças Armadas tomaram as devidas providências e planejaram a revolução de março de 1964 que culminaria no Golpe Militar em 1964.

A queda de João Goulart e o Começo da Ditadura

Com o apoio dos Estados Unidos ao Brasil nessa empreitada ( já que eram contra o comunismo e não o queria por perto da América), a revolução derrubou João Goulart; e a partir de então a presidência ficou sob comando dos militares, assim começava a Ditadura Militar.

Presidentes do Brasil na Ditadura Militar

presidentes da ditadura militar

Durante a ditadura, o Brasil teve 6 governantes no poder.

  1. Humberto Alencar Castelo Branco: um dos principais planejadores do Golpe de 1964 que deu origem à Ditadura Militar, Castelo Branco foi o primeiro a governar. Ficou no poder de 1964 à 1967.
  2. Artur da Costa e Silva: foi eleito em 3/10/1966 através do voto indireto. Tomou posse em 15/03/1967 e governou o Brasil somente até 1969 devido a um afastamento por motivo de doença sendo foi substituído pela Junta Militar.
  3. Governo da Junta Militar: a junta militar era formada por Aurélio de Lira Tavares do Exército, Augusto Rademaker da Marinha e Márcio de Sousa e Melo da Aeronáutica. Eles governaram por um curto espaço de tempo que foi entre 31 de agosto de 1969 à 30 de outubro 1969.
  4. Emílio Garrastazu Médici: com a morte de Artur da Costa e Silva em dezembro de 1969, o cargo de presidente ficou vago, mas a junta militar não quis entregar a presidência para o Vice do Falecido. Então, por decisão dos Ministros Militares, Emílio Médici foi eleito o novo Presidente. Esse governou o Brasil de 1969 até 1974. Apesar de Emílio Médici ser considerado o Governo mais repressivo da história do Regime Militar, em seu comando a economia do Brasil cresceu muito e gerou milhões de empregos. Essa situação ganhou o nome de “Milagre econômico”. Em contrapartida, o crescimento custou uma grande dívida externa para ser paga no futuro.
  5. Ernesto Geisel: governou o Brasil entre 1974 e 1979. Durante seu período de presidência a economia do Brasil caiu bastante e enquanto isso a inflação só aumentava.
  6. João Batista Figueiredo: ficou conhecido por conceder anistia aos que foram presos e restabelecer as eleições diretas para os governadores. Figueredo foi o último presidente da Ditadura Militar, indo de 1979 á 1985, quando finalmente acabou o Regime Militar, uma época da história do Brasil marcada por torturas, mortes e exílios. Começava agora o período da Nova República do Brasil.

Vídeo sobre os governantes do Regime Militar

Veja também histórias interessantes sobre:

Um forte abraço e bons estudos!