segundo reinado pedro II

O Segundo Reinado

O segundo Reinado foi o Período em que o Brasil foi governado por D. Pedro II com início em 1840 indo até 1889. Lembrando que 1889 foi o ano que aconteceu a Proclamação da república do Brasil.

D. Pedro II conseguiu assumir o Império do Brasil antes do tempo. O Imperador contou com a ajuda do Partido Liberal para essa façanha.

O interesse dos Liberais era subir junto com D. Pedro II ao poder, então, através do Golpe da Maioridade eles conseguiram coroar o jovem Imperador de maneira corruptiva quando ele tinha apenas 15 anos de idade. Como recompensa pela coroa, os Liberais ocuparam os principais cargos ministeriais do Governo do Segundo Imperador, D. Pedro II.

segundo reinado pedro II

A Política no Segundo Reinado

A política no segundo reinado foi recheada de fraudes nas eleições, como por exemplo, os votos comprados e o uso de violência. A disputa era travada entre os Liberais e Conservadores, partidos que tinham praticamente os mesmos interesses.

O fim da Guerra dos Farrapos

Barão de Caxias foi nomeado por D. Pedro II como chefe do exército para ajudar na luta contra a Revolução Farroupilha que acontecia naquela época. Sabiamente, usando a diplomacia, Barão de Caxias negociou com os líderes da revolta e firmou o conhecido Tratado de Poncho Verde. Enfim, assim acabou Revolução Farroupilha no ano de 1845.

A Revolução Praieira

O segundo Reinado ficou marcado também pela Revolução Praieira. A revolta acontecia na Província de Pernambuco. O jornal dos liberais (praieiros) ficava numa rua da Praia, por isso o nome Revolução Praieira. A revolta aconteceu nos anos 1848 indo até 1850 e foi a última que ocorreu no período de Brasil Imperial.

A Guerra do Paraguai

Entre 1864 e 1879, o Paraguai enfrentava a famosa “Tríplice Aliança” que era composta pelos países: Argentina, Brasil e Uruguai. A Tríplice Aliança recebeu um apoio importante da Inglaterra. O Paraguai levou a pior nessa guerra e sofreu muitas perdas, tanto de militares como civis, sem contar ainda o prejuízo que teve para a indústria e a economia do país.

O café

café no segundo reinado

Em meados do século XIX, o principal produto exportado pelo Brasil era o Café. Além disso, passou a ser também muito consumido dentro do próprio país.

O café foi grande responsável pela industrialização do Brasil, pois o lucro era investido em indústria com foco nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro. Naquela época surgiram os barões do café (fazendeiros) que enriqueceram com a comercialização de tal produto.

A Imigração

Como o crescimento e a expansão das lavouras de café, o Brasil precisava de muita mão-de-obra. O trabalho era feito por escravos, porém, a Inglaterra já estava fazendo pressão e a escravidão dos negros estava em crise. A partir daí começou a imigração de europeus, sendo que, grande parte deles vinham da Itália.

O café não foi o único responsável por atrair os imigrantes, além dos trabalhos nos cafezais, as indústrias que estavam crescendo no Sudeste também atraíam muitos trabalhadores.

Vídeo sobre a Imigração Brasileira:

Revolução Liberal de 1842

Revolução Liberal de 1842 – Revolta em São Paulo e Minas Gerais

Seja bem vindo aluno, professor, curioso, intelectual etc. O importante é: vamos juntos buscar conhecimento e enriquecer nosso aprendizado com a matéria que mais amo na vida, a história, principalmente, história do Brasil! Espero que esse artigo ajude você a entender bem e de forma fácil sobre a Revolução Liberal de 1842.

Revolução Liberal de 1842

O que foi a Revolução Liberal de 1842?

A Revolução Liberal de 1842 foi um levante dos liberais da província de São Paulo e Minas Gerais. Uma revolta que se originou das disputas políticas dos liberais x conservadores.

Entendendo melhor….

Terminando as Eleições do Cacete, o Partido Liberal conseguiu eleger a maioria dos deputados eleitos para a Assembleia ( dos Deputados). Mas o Partido Conservador não era bobo, eles sabiam que os Liberais tinham fraudado as eleições. Aqui tudo começa: eles tomaram as providências e correram atrás da anulação dos votos.

Na época, o Conselho de Ministros era formado em sua maioria por Conservadores, então, eles solicitaram a D. Pedro II que anulasse os votos da polêmica Eleição do Cacete. E não deu outra, em 1842 o Ministério Liberal foi totalmente dissolvido, assim sendo, os Conservadores voltaram ao poder de novo. Se liga: é daí que nasceu a Revolução Liberal de 1842.

O começo da Revolução Liberal

Você pensa que isso passou batido? Não mesmo! Os liberais não aceitaram a troca do ministério, então, eles começaram a famosa Revolução Liberal de 1842.

A coisa ficou feia! Os liberais das Províncias de Minas Gerais e São Paulo se juntaram à revolução.

Revolução em São Paulo

Foi lá que tudo começou, em São Paulo na cidade de Sorocaba, nascia a revolução liberal. Os líderes do movimento na província paulista foram o ex-regente Antônio Feijó e o Brigadeiro Tobias de Aguiar. O movimento se alastrou e, por consequência, as cidades de Silveira, Taubaté, Pindamonhangaba e Lorena decidiram que iriam dar apoio aos liberais.

Revolução em Minas Gerais

Já em Minas Gerais, quem liderou a revolução foi o descendente de italiano, Teófilo Otoni. Anote aí: Sabará, Caeté, Santa Luzia e Santa Bárbara foram as cidades que apoiaram Teófilo e os liberais mineiros.

A derrota dos liberais paulistas e mineiros

Derrota dos liberais Paulistas e mineirosOs rebeldes liberais queriam (e como queriam) retomar ao governo através de luta armada. Esses rebeldes formariam juntos a Coluna Libertadora e marchariam para RJ (Rio de Janeiro) com intuito de derrubar o Governo conservador.

Mas… Como nem tudo é perfeito, o Governo Imperial decidiu que continuaria apoiando os conservadores, então organizou as tropas que tinha como líder, nada mais nada menos que: Barão de Caxias.

Veja no que deu:

Os liberais de Minas Gerais e São Paulo foram todos derrotados e para piorar foram presos pelos comandados de Caxias.

Muitos conseguiram escapar do cerco de Caxias. Eles refugiaram-se no Rio Grande do Sul; e lá foram acolhidos pelos Revolucionários Farroupilhas.

Observação:

O Partido Liberal subiu ao poder em 1844. Liberais envolvidos na Revolta Liberal de 1842 acabaram sendo anistiados, mas isso é história para outro dia…

Outras histórias: